JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Como ensinar meus filhos a se alimentarem de maneira saudável?

Dúvidas sobre nossa programação?
Ligue agora mesmo para (61) 98454-9958 (com WhatsApp).

Como ensinar meus filhos a se alimentarem de maneira saudável? É comum que crianças não estejam dispostas a comer legumes, frutas e verduras, principalmente se já foram apresentadas aos lanches rápidos, frituras, doces e refrigerantes… mas se você acha que isso é algo irreversível, está enganada!
Há algumas maneiras onde é possível reverter esse quadro, sem muitas dores de cabeça, chantagens e ameças no momento das refeições e tornar esse momento com nossos filhos, algo prazeiroso!
Veja a seguir, algumas dicas bem tranquilas que podem ser adaptas ao dia a dia sem grande esforço.

Mostre que gosta
Filhos tendem a imitar os pais, sua primeiras referências na vida que iniciam. Por isso, quando forem realizar as refeições, na da de cara amarrada ao consumir os alimentos. Sorria! Mostre a eles, através de gestos corporais e de palavras que gostam do que está à mesa!
A conclusão natural será, para os filhos, que o momento e a alimentação servida, trás felicidade!

Apresente bem o prato
O que agrada ao paladar, primeiro agrada aos olhos. Portanto, capriche na apresentação do prato!
Um prato colorido e divertido atrai a atenção e gera a curiosidade nas crianças. E a variedade de cores conseguimos com a diversidade de verduras e legumes!

Ofereça o que ele não gosta primeiro
Apresente primeiro o que ele tem menor interesse, assim ao menos provará, antes de ir para o que aprecia.

Conte histórias
Explicar como os alimentos nascem e crescem na natureza é uma boa alternativa para gerar o interesse delas a respeito da alimentação.
Explique a importância da água e,s e possível, faça com a criança uma mini hortaliça. Mesmo em apartamento, é possível criar uma hortinha. No Google, há sempre grandes sugestões de como fazer!

Resumindo, o importante é entender a necessidade de gerar o interesse na criança. Quando ficamos curiosos, a tendência humana é buscar saber mais e, se for o caso, experimentar. Esse sim, é o grande segredo!
Bom apetite e até a próxima!

Veja também: O que é e como funciona o contraturno escolar? 

Veja Mais

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.